Ruy César Costa Silva

O baiano Ruy Cezar Costa Silva foi eleito presidente da UNE no 31o Congresso da entidade em Salvador, na Bahia. Este congresso marcou a reconstrução da UNE após seis anos sem uma diretoria eleita diretamente, desde o sumiço do então presidente Honestino Guimarães, 1973, assassinado pela ditadura. Durante a sua gestão, viajou para Roma, Paris, Bruxelas e Madri, realizando conferências pela Anistia Internacional.

Ruy Cezar deixou a militância política em 1982 e fundou o grupo Via Magia do Teatro, em São Paulo, e, logo depois, em 1984, fundou a Escola de Arte -Educação Casa Via Magia, em Salvador, da qual foi sócio-diretor. Em 1995 assumiu, até o seguinte ano, a presidência da Rede Latinoamericana de Promotores de Arte Contemporânea, saindo somente para se tornar presidente da Rede Brasil de Promotores Culturais e da Rede Cultural do Mercosul.

Compartilhar: