Carlos Veloso de Oliveira

Carlos Veloso de Oliveira foi eleito presidente da UNE no XVIII da entidade de 1955. Carlos liderou a revolta dos estudantes contra o aumento da passagem do bonde, em 1956, que se transformou em uma grande revolta popular. A sede da UNE no Rio de Janeiro chegou a ser rodeada pelo Exército. O presidente da UNE negociou diretamente com o presidente Juscelino Kubistchek o fim das manifestações.
Compartilhar: