UNE pede que reitores se posicionem pela prorrogação do Enem

Entidade reitera necessidade de buscar soluções de ajuste do calendário em conjunto com rede de ensino

Em campanha há semanas pelo #AdiaEnem os estudantes da UNE enviaram um carta aos reitores das universidades públicas brasileiras pedindo para que eles se posicionem.

Na carta a entidade afirma que é absurdo pensar que os estudantes
estão em igualdade de condições nessa situação, e que atividades à distância poderiam solucionar o problema da suspensão das aulas.

“Muitos desses jovens sequer têm acesso às ferramentas necessárias para atividades virtuais, e mesmo que tivessem sabemos que, além de problemas familiares e estruturais em casa e até falta de livros, o aproveitamento do ensino aprendizagem também fica fortemente em defasagem em relação às
atividades presenciais”.

E termina pedindo aos reitores e reitoras das universidades brasileiras, a exemplo das instituições do Rio de Janeiro que já se posicionaram, que reiterem a defesa da suspensão do edital, e um novo cronograma do ENEM com o adiamento da aplicação das provas e buscando soluções para ajuste dos calendários em conjunto com a rede de ensino básico e de ensino superior brasileiras.

> Leia aqui na íntegra.

Compartilhar: