Pular para o conteúdo Pular para o Mapa do Site

Notícias

Últimas Notícias

Documento estudantil da UNE X ID do MEC

06/02/2020 às 17:39, por Redação.


Com o intuito de atacar as entidades estudantis o MEC lançou no ano passado o ID estudantil, uma carteirinha virtual disponibilizada de forma gratuita. Como a ação foi feita por meio de Medida Provisória perderá a validade no próximo dia 16 de fevereiro se não for votada pelo Congresso Nacional.

Confira as diferenças entre ela e o documento estudantil da UNE:

É feita pelo site documentodoestudante.com.br ao custo de 35 reis + frete. Estudantes que comprovem baixa renda pode emitir gratuitamente enquanto toda a arrecadação serve exclusivamente para financiar toda a rede do movimento estudantil desde campanhas até protestos como o “tsunami da educação” no ano passado que pressionou contra os cortes nas universidades. ↓

Documento do Estudante da UNE 

Pode ser baixada pela aplicativo e teve um custo 5 milhões do orçamento público só em 2019 – a previsão é de que custe mais 10,5 milhões ao ano – para manutenção do aplicativo e mais o gasto não divulgado com propaganda.↓

ID estudantil do MEC 

Tem um único padrão nacional com segurança física e digital e cumpre as normas da Lei de Segurança de Dados.↓

Documento do Estudante da UNE 

Solicita dados das universidades, porém, não sabemos ao certo como comprova. No ano passado a área técnica do INEP, barrou o acesso dos dados sigilosos estudantis para a emissão da ID. Parecer do setor afirmou que a intenção do MEC de acessar a base do Censo da Educação contrariava a legislação. O impasse levou a demissão do ex-presidente do INEP, Elmer Vicenzi.↓

ID estudantil do MEC 

Para fazer o cadastro, além das informações de praxe de identificação, é preciso apenas comprovar que é estudante através do atestado de matrícula, que é verificado por um sistema que garante a veracidade do documento.↓

Documento do Estudante da UNE 

Para fazer o cadastro, o app coleta e armazena dados sensíveis dos usuários que podem ser utilizados de forma suspeita. O aplicativo faz, por exemplo, o reconhecimento facial durante o cadastro. “A partir do momento que a face é mapeada e entra para um banco de dados, a pessoa poderá ser reconhecida por diversos softwares em diversas condições e sequer é necessária uma autorização do usuário para isso”, explicou a ativista Cláudia Schulz. ↓

ID estudantil do MEC 

É um portador de direitos estudantis. Além de financiar a luta estudantil, o documento é usado para garantir da meia-entrada, um direito que sempre foi bandeira da UNE desde a sua fundação.↓

Documento do Estudante da UNE 

É um instrumento de perseguição ao movimento estudantil que tem se posicionado fortemente contra os ataques a educação brasileira por parte do governo Bolsonaro, inclusive contra a meia-entrada.↓

ID estudantil do MEC 

 

É garantido pelas leis 12.852 e 12.933 de 2013 que regulam a meia-entrada no Brasil.↓

Documento do Estudante da UNE 

Foi instituída como Medida Provisória, publicada de forma autoritária e unilateral, recebeu pouco apoio das universidades e quase nenhum do Congresso devido aos seus interesses escusos.↓

ID estudantil do MEC 

Pular para o Conteúdo Pular para o Topo