Pular para o conteúdo Pular para o Mapa do Site

Notícias

Últimas Notícias

Diretoria da UNE reafirma mobilização de estudantes nas ruas em 15 de Maio

09/05/2019 às 17:04, por Cristiane Tada.


Em São Paulo estudantes aprovam agenda de lutas que inclui ainda o Dia Nacional Universidade na Rua em 20/5 

A diretoria executiva da UNE se reuniu nesta quinta-feira (09/5) em São Paulo em um momento em que milhares de estudantes estão nas ruas defendendo seus direitos. São dezenas de assembleias e manifestações contra os cortes na educação e em defesa das universidades e institutos federais. “Reforçamos a convocatória a todos estudantes a aprovarem a greve nacional da educação em assembleias pro dia 15 e estarem nas ruas de todo Brasil, nos somando aos professores e secundaristas, contra os cortes na educação e reforma da previdência, também acumulando forças para a greve geral do dia 14 de Junho contra a Reforma das Previdência”, diz trecho do documento aprovado na sede das entidades estudantis na Vila Mariana.

A UNE ressalta que Bolsonaro transformou o Ministério da Educação em uma verdadeira máquina ideológica e que as universidades são alvos prioritários de seus ataques, justamente porque foram, historicamente, locais de resistência e luta em defesa da democracia e da educação. “Desde a tentativa de intervir na escolha de reitores, as declarações descabidas sobre o ambiente universitário, a que o ministro se referiu como ‘Balbúrdia’, o ataque as humanidades, até o corte no orçamento das instituições federais de ensino superior e nas bolsas de pesquisa e pós-graduação, são partes desse pacote de desmonte da educação brasileira”, diz outra parte.

Para os estudantes após apenas quatro meses de governo Bolsonaro, já é possível considerar que esse é o momento com mais ataques à educação na história da recente democracia brasileira.  “As universidades brasileiras são fundamentais não só para a nossa educação, mas para o desenvolvimento científico e tecnológico do país, para a geração de empregos, para a movimentação de economias locais que sobrevivem em cidades e entornos dessas instituições, de hospitais e projetos sociais que prestam atendimento à sociedade, dentre tantas outras questões. É sobre isso que se trata esse corte”. >Leia aqui o documento na íntegra.

Em unidade, a diretoria aprovou uma agenda de luta para os próximos dias. Confira:

-Assembleias e plenárias nas universidades;

13/05 – Dia de panfletagens nas universidades, ruas, terminais de ônibus, de todo o Brasil;

14/05 – Dia de confecção de faixas e cartazes em preparação pra o do 15;

15/05 – Dia nacional em defesa da educação, com paralisação em todas universidades e atos de rua em todos estados;

20/05 – Dia Nacional “Universidade na Rua”, levando as produções e trabalhos científicos para as praças, ruas, etc;

14/06- Greve Geral contra a Reforma da Previdência e os cortes na educação

05/07 – Passeata em Brasília no Congresso da UNE: por Educação, emprego e Previdência!

10/08 – Dia do Estudante, Jornada Nacional de Lutas.

Pular para o Conteúdo Pular para o Topo