Pular para o conteúdo Pular para o Mapa do Site

Notícias

Últimas Notícias

Dinheiro do estudante investido no estudante

24/01/2020 às 16:44, por Da Redação.


Saiba aonde é usado o valor da taxa de inscrição da sua carteirinha

Fruto da luta do movimento estudantil, a meia-entrada é validada pelo uso da carteirinha de estudante. Com ela em mãos, você pode ter acesso a diversas atividades culturais pela metade do preço. A taxa cobrada pela emissão do documento é de R$35 e ele é válido em todo o território nacional. Mas, para onde vai o dinheiro que você paga na carteirinha?

Confira e faça a sua aqui.

Lutas pela educação

As manifestações realizadas pelas entidades estudantis demandam a aquisição de faixas e cartazes para expor as reivindicações estudantis. Foi por meio destas lutas, nas ruas, que muitas conquistas foram alcançadas: Prouni, Fies, Política de Cotas e até os 10% do PIB para a educação.

A UNE, UBES e ANPG acreditam que ocupar as ruas e mostrar ao governo e sociedade nossos anseios é fundamental para a defesa da democracia e do país que queremos.

Faixa utilizada nos Tsunamis pela Educação em 2019

Congressos estudantis

Ao longo de cada gestão das entidades são realizados congressos que tem como objetivo reunir estudantes de todo país e destacar as necessidades da educação no período.

O Congresso da UNE, por exemplo, reúne mais de 10 mil estudantes e é o maior da América Latina. Nele são discutidos além de educação temas inerentes à conjuntura política como a redução da maioridade penal, o genocídio da juventude negra, a criminalização da lgbtqfobia e a organização da rede estudantil.

Além dos Congressos da UNE, UBES e ANPG, existem os congressos das UEEs (Uniões Estaduais Estudantis) que são braço direito das entidades nos estados, de olho nas lutas e particularidades de cada região brasileira.

 

Mais de 10 mil estudantes no último Congresso da UNE, realizado em julho de 2019, em Brasília

Eventos identitários

Encontro de Estudantes Negros e Negras, Encontro de Mulheres Estudantes e Encontro de Estudantes LGBTQ também fazem parte do movimento estudantil. Neles são debatidos temas pertinentes a cada grupo. Ao final deles, um documento com reivindicações é construído e anexado às pautas e lutas das entidades.

 

Encontro de Mulheres Estudantes da UNE (Eme) realizado em abril de 2018

DCE’s

OS Diretórios Centrais dos Estudantes (DCEs) também fazem parte da rede alimentada pela carteirinha estudantil. Eles são a base do movimento estudantil nas universidades e trazem para a pauta dos encontros todas as necessidades e reivindicações das instituições espalhadas pelo país.

Os DCEs lutam pela criação de Restaurantes Universitários, Creches universitárias, Moradia Estudantil, redução das mensalidades, no caso dos DCEs nas universidades privadas, e são espaços de convivência dos estudantes nos campi.

                                         DCE – UERJ vale a luta

Licença Maternidade na pós-graduação

A conquista da licença maternidade na pós-graduação é uma vitória da Associação Nacional dos Pós-graduandos (ANPG), entidade irmã da UNE e Ubes. Com a pressão estudantil, as mulheres estudantes podem, desde 2017, prorrogar os prazos de vigência das bolsas de estudo concedidas por agências de fomento em função de maternidade.

Pular para o Conteúdo Pular para o Topo