Pular para o conteúdo Pular para o Mapa do Site

Notícias

Últimas Notícias

Conune: Entenda o maior fórum do movimento estudantil

24/05/2019 às 17:03, por Renata Bars.


Eleição da diretoria, delegados e inscrições explicados passo a passo 

Entre 3 e 7 de julho será realizado em Brasília o 57º Congresso da União Nacional dos Estudantes, momento em que jovens de todos os cantos do país se reunirão para debater pautas sobre a conjuntura política, a educação e o próprio movimento estudantil. Os estudantes também vão eleger a nova diretoria da UNE e decidir coletivamente os rumos da entidade para os próximos dois anos. Neste ano, o tema escolhido ”Na sala de aula é que se muda uma nação” vai debater a fundo a situação da educação no país e sugerir propostas e enfrentamentos ao desmonte promovido pelo atual governo. E você, quer saber mais sobre o Congresso? Confira:

O CONUNE

O CONUNE, ou Congresso da UNE, é o maior e mais representativo fórum de discussão e deliberação da entidade, que é a máxima representação dos estudantes brasileiros e reúne todos os Diretórios Acadêmicos (DAs), Centros Acadêmicos (CAs), Diretórios Centrais dos Estudantes (DCEs), Uniões Estaduais dos Estudantes (UEEs), executivas de curso e outras organizações do movimento estudantil. A entidade tem como base a defesa dos interesses dos estudantes, promove campanhas específicas e também participa, historicamente, dos principais debates e lutas do país.

Durante o CONUNE, a nova diretoria da entidade é eleita. Já foram presidentes da UNE e líderes do movimento estudantil, por exemplo, figuras como Aldo Arantes, Aldo Rebelo, José Serra, Lindberg Farias, Franklin Martins, Helenira Resende, Dilma Rousseff, José Dirceu e Honestino Guimarães.

A ELEIÇÃO

O processo eleitoral do Conune é coordenado pela Comissão Nacional de Sistematização e Votação (CNSV), indicada previamente pela Comissão Nacional de Eleição, Credenciamento e Organização (CNECO). Os trabalhos e as plenárias do Congresso da UNE serão dirigidos por uma Mesa Diretora composta pela Presidenta da UNE, vice-presidenta da UNE e Secretário Geral da UNE.

A eleição é realizada de forma congressual, semelhante ao que ocorre em outras entidades como a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e a Central Única dos Trabalhadores (CUT). Os estudantes se organizam em movimentos para a elaboração de teses, que são textos debatidos e formulados nos grupos de discussão e apresentados na primeira parte da plenária final do Congresso. Nesse momento, são votadas as propostas consensuais e divergentes, além das moções. Três eixos são conduzidos nesse processo: conjuntura, movimento estudantil e educação.

Os movimentos se unificam em uma ou mais chapas na hora de cada votação.

A segunda parte da plenária final fica por conta da votação da nova diretoria, que tomará frente da entidade pelos próximos dois anos. A diretoria é composta proporcionalmente na medida exata dos votos que cada chapa obteve na votação. Ao todo, 81 diretores assumem cargos na entidade, sendo que 17 participam exclusivamente da diretoria executiva, ocupando posições como presidência, vice-presidência, secretaria geral, diretoria de comunicação ou diretoria jurídica.

Esse vídeo feito em 2013, mostra um pouco como foi a plenária final do 53º Congresso da UNE. Confira:

 

A ELEIÇÃO DOS DELEGADOS

Os delegados, estudantes que tem direito a voto no Conune, são eleitos na proporção de um para cada mil estudantes matriculados regularmente, segundo o Censo 2017. Existem duas modalidades para a eleição de delegados: presencial ou ensino a distância. Nas universidades que possuem um Diretório Central dos Estudantes, os DCEs devidamente cadastrados no 66º Coneg da UNE são os responsáveis por organizar o processo eleitoral. Nas universidades que não possuem DCE ou que ele está sem credenciamento, pode ser criada uma comissão de 10 estudantes. As eleições de delegados já estão rolando em diversas universidades do país.

Em 2017 acompanhamos as eleições de delegados na PUC e UNIP em São Paulo. Assista:

A ESTRUTURA DO CONGRESSO

O Congresso é estruturado em cinco eixos específicos: debates, grupos de discussão, atos políticos, passeatas e eventos culturais.

Os debates contam com a participação de figuras importantes no cenário nacional, como professores, intelectuais, pesquisadores, movimentos sociais e políticos. Os debates têm a função de expor a diversidade de ideias da sociedade sobre determinado assunto. São analisados temas como educação, economia, mulheres e negros na sociedade.

Já os grupos de discussão são espaços para os estudantes trocarem ideias e opiniões entre si e formularem suas teses para serem apresentadas durante a plenária final do Congresso.

Os atos políticos, por sua vez, são considerados um dos principais momentos do Congresso.

O Congresso é também uma grande celebração da diversidade, coroado com atividades culturais, intervenções artísticas, trocas de costumes e tradições e, claro, shows diários.

Assista aqui um resumão do que foi o 55º Congresso da UNE, realizado em 2017, que elegeu a atual diretoria da entidade:

INSCREVA-SE

No Conune, qualquer estudante interessado pode participar.  O processo de mobilização do fórum é um forte instrumento de promoção do debate com os estudantes brasileiros sobre como organizar a resistência democrática a esse governo.

Você pode fazer parte se inscrevendo no site inscricao.une.org.br.

> ATENÇÃO! Devido a alteração da data de realização do 57º Conune informada pela portaria da CNECO consulte os novos prazos, valores e datas de pagamento no site de inscrição.

ABC DO CONGRESSO DA UNE

UEE – Representa os universitários de cada estado. Diretamente ligada à UNE, a UEE realiza atividades regionais, de acordo com cada realidade, assim como fortalece a pauta nacional de lutas do movimento estudantil. Realiza congressos a cada dois anos para eleger a nova diretoria e decidir os rumos da sua atuação no estado.

DCE – É a entidade que representa o conjunto dos universitários de uma determinada universidade e deve existir nas instituições de ensino que tenham mais de quatro cursos superiores. O DCE possibilita aos estudantes o debate e mobilizações relacionadas àquela instituição, seus problemas, desafios gerais ou específicos. Promove também atividades culturais e calouradas.

DA ou CA – Existe em cada curso da universidade, atendendo aos problemas gerais e desafios no seu interior. Assim como o DCE, realizam atividades de mobilização, luta por melhorias no ensino e na estrutura acadêmica, calouradas, atividades culturais e ações ligadas ao movimento nacional dos estudantes. Representam os cursos das universidades nas UEEs e na UNE.

Delegado – Figura imprescindível no Congresso da UNE. Ele é o estudante eleito pelos estudantes, através do DCE, para representar os interesses de sua universidade no encontro. A proporção de delegados é de um para cada mil estudantes. Então, se a universidade tiver 5.000 estudantes, ela tem direito de levar até cinco delegados para o Congresso.

Observador – Estudantes  independentes que vão para participar dos debates, grupos de discussões, dos eventos culturais e ainda contribuem na formulação das propostas para a construção das linhas que nortearão o movimento estudantil pelos próximos dois anos. O observador pode defender tese e até encaminhar propostas. Ele só não pode votar nem participar do processo eleitoral do Congresso da UNE.

Teses – É o conjunto de ideias que apontam caminhos para a conjuntura do movimento estudantil no geral. A tese agrega estudantes de um ou mais movimento político. Os indivíduos que participam de determinadas teses devem concordar politicamente entre si.

Chapas – O  conjunto de uma ou mais teses que se unem para eleger a diretoria da UNE e votar em determinadas propostas.

Pular para o Conteúdo Pular para o Topo