Arthur Poerner lança livro de memórias no Rio de Janeiro nesta sexta

‘Rebelde todo dia’ de 400 páginas conta trajetória do jornalista deste o momento de sua prisão durante a ditadura quando atuava no diário carioca Correio da Manhã

‘Rebelde todo dia’ de 400 páginas conta trajetória do jornalista deste o momento de sua prisão durante a ditadura quando atuava no diário carioca Correio da Manhã

O escritor Arthur Poerner lança seu novo livro Rebelde todo dia – Repressão e resistência nos anos de chumbo, da editora Lacre, no próximo dia 13 de dezembro, às 19h, na livraria Travessa de Ipanema (Rua Visconde de Pirajá, 572). Poerner é figura querida e intelectual importante para o movimento estudantil. Perseguido, preso e exilado durante a ditadura ele aparece em uma foto histórica, carregando o caixão com o corpo do estudante Edson Luís, assassinado em 28 de março de 1968 pela polícia durante um protesto no restaurante universitário Calabouço, no Rio de Janeiro.

O jornalista carrega o caixão no mártir do movimento estudantil Edson Luís morto pelos agentes da ditadura em 68

“É um livro de memórias, tantas que me vi obrigado a dividi-las, cronologicamente. Com cerca de 400 páginas, parei quando a ditadura (1964-1985) veio me prender na Redação do falecido diário carioca ‘Correio da Manhã’, que liderava a resistência cultural à repressão, onde eu era repórter especial, colunista e articulista. Depois de três meses num quartel do Exército em que se matava por tortura, na Barão de Mesquita, no Andaraí, no Rio, não tive alternativa se não a de aceitar a ajuda da ONG Anistia Internacional para deixar o país. E, agora, a de guardar o exílio para um próximo volume”, destacou sobre a obra.

O jornalista também é autor do livro: “O Poder Jovem: história da participação política dos estudantes brasileiros”, um dos registros mais importantes sobre a trajetória do movimento estudantil brasileiro desde antes da fundação da UNE.

Serviço:

O que? Lançamento do livro Rebelde todo dia – Repressão e resistência nos anos de chumbo, de Arthur Poerner.

Quando? Sexta (13 de dezembro) às 19h.

Onde? Rio de Janeiro, Livraria da Travessa de Ipanema (Rua Visconde de Pirajá, 572).

Compartilhar: