Filho do presidente da CUFA é assassinado em Fortaleza

Preto Zezé fez desabafo pela perda no Facebook; UNE divulga nota de pesar

Preto Zezé fez desabafo pela perda no Facebook; UNE divulga nota de pesar Malcon Jonas do Nascimento Lima, filho do presidente da Central Única das Favelas (Cufa), foi assassinado na noite do último sábado (29/8), no bairro Aldeota, em Fortaleza. De acordo com o relatório da Perícia Forense do Ceará (Pefoce), o crime aconteceu às 18h30, mas o corpo foi encaminhado ao órgão apenas às 5h45 de domingo. O sepultamento ocorreu ainda na tarde de domingo, no cemitério da Saudade, na Grande Fortaleza. Pelo Facebook, o presidente da Cufa lamentou a morte do filho: Hoje amanheci sem uma parte de mim! Amanheci sem você, Jonas. A conversa de ontem ainda ecoa na minha mente. Não me deixa dormir. Vai ser difícil seguir e te ver por tudo e por todos os lugares. Eu não tenho respostas, nem tão pouco perguntas. É uma dor estranha, e olha que já suportei tantas dores, mas essa tá difícil.

Confira nota da União Nacional dos Estudantes

Nota de pesar pela morte de Malcom Jonas do Nascimento Lima  A União Nacional dos Estudantes (UNE) recebeu com tristeza a notícia da morte do jovem Malcom Jonas do Nascimento Lima, de 17 anos, na noite do último sábado, 29/08, em Fortaleza, no Ceará. Lamentamos profundamente o ocorrido e expressamos a nossa solidariedade aos seus familiares e ao seu pai, Preto Zezé, presidente nacional da Central Única das Favelas (Cufa), um grande brasileiro, lutador das causas populares e amigo dos estudantes. Exigimos que as autoridades cearenses investiguem as circunstâncias em torno da morte de Malcom e que os responsáveis sejam devidamente punidos. União Nacional dos Estudantes 31 de agosto de 2015
Compartilhar: