Luta pelo #AdiaEnem segue nas redes e na Justiça

Coleta por assinaturas tem ampliado apoio popular pelo adiamento

Depois de um 15M vitorioso com a mobilização de figuras importantes para o adiamento do Enem e de atingir a marca de 300k de assinaturas no adiaenem.com.br a luta das entidades estudantis continua.

Apesar do mandado de segurança da UNE ter sido rejeitado no Superior Tribunal de Justiça a entidade já ingressou com um novo na Justiça Federal do Distrito Federal.

Depois de muita pressão também na última sexta-feira, foi publicada no Diário Oficial a lei que amplia os benefícios do auxílio emergencial. Entre os pontos, foi aprovada a suspensão das parcelas de pagamento do FIES!
Poderão suspender o pagamento os graduandos ou formados que estiverem em dia com as parcelas antes da vigência do estado de calamidade pública no país, decretado em 20 de março.

Mais um exemplo que lutar vale a pena!

Compartilhar: