Pular para o conteúdo Pular para o Mapa do Site

MEIA ENTRADA PRA VALER!

A meia-entrada está nas bandeiras de lutas da UNE há 70 anos e é um dos principais direitos conquistados pela juventude no século passado.

Nos últimos anos, entretanto, foi fortemente atacada após a edição da MP 2208/01, que fragilizou o direito à meia-entrada e fez subir o preço dos ingressos. Por conta da MP 2208/01, entidades alheias à escola e à universidade puderam emitir a Carteira de Identificação Estudantil (CIE), o que fez com que, uma série de entidades cartoriais – que tratam a meia-entrada não como um direito, mas como mercadoria – emitissem o documento e proliferassem fraudes.

PADRONIZAÇÃO É SEGURANÇA!

A nova lei da meia-entrada tem o intuito de proteger e assegurar o direito do estudante. Somente por meio da padronização dos documentos é que fraudes podem ser evitadas.

A lei da meia-entrada revoga a MP 2208/01 e padroniza nacionalmente a carteira de identificação estudantil. Dessa forma, a fiscalização sobre a emissão do documento é reforçada, assegurando que um piso de pelo menos 40% de ingressos para espetáculos artísticos, culturais e esportivos sejam reservados exclusiva e prioritariamente para estudantes, deficientes e jovens de baixa renda.

É o seu direito garantido!

Assista o vídeo e compartilhe:

Da Redação

Pular para o Conteúdo Pular para o Topo